sábado, 10 de novembro de 2012

Mar: Santa Sé preocupada com atos de pirataria

Vaticano vai acolher congresso mundial entre 19 e 23 de novembro.

Cidade do Vaticano, 08 nov 2012 (Ecclesia) – O Vaticano manifestou hoje a sua preocupação com os ataques de piratas marítimos, um tema que vai estar presente nos trabalhos do 23.º Congresso do Apostolado do Mar, entre os dias 19 e 23 deste mês.

“Trata-se de um crime difícil de enfrentar, que suscita grande preocupação, sobretudo pelo aumento da violência na gestão dos reféns, o aumento do tempo de detenção e a capacidade de resistência dos sequestradores”, disse o padre Gabriele Ferdinando Bentoglio, subsecretário do Conselho Pontifício da Pastoral dos Migrantes e Itinerantes (CPPMI), durante a conferência de imprensa da apresentação do evento
Estas situações vão estar, assim, no centro do programa do quarto dia de encontro, a realizar na Cidade do Vaticano, subordinado ao tema ‘A nova evangelização no mundo marítimo’.

O observatório Gabinete Marítimo Internacional registava, em outubro, 233 ataques de piratas em todo o mundo entre janeiro e setembro deste ano, contra 352 reportados no mesmo período de 2011.

O cardeal Antonio Maria Vegliò, presidente do CPPMI, destacou aos jornalistas que estes incidentes deixam “traumas psicológicos a longo prazo, não só aos marinheiros mas também às suas famílias”.

Este responsável precisou que o Vaticano promove o congresso mundial para procurar “respostas pastorais adequadas aos problemas das gentes do mar”.

O Apostolado do Mar vai pedir, durante os trabalhos, a ratificação da Convenção sobre o trabalho no setor das pescas, que abrange pelo menos 38 milhões de pessoas.

Estão inscritos até ao momento 410 participantes de 71 países, entre os quais Portugal, que vai ser representado por D. António Vitalino, vogal da Comissão Episcopal da Pastoral Social e Mobilidade Humana, e pelo diretor nacional do Apostolado do mar, padre Sílvio Couto.

OC

Fonte: http://www.agencia.ecclesia.pt/cgi-bin/noticia.pl?&id=93182 (08/11/2012)

Nenhum comentário:

Postar um comentário