segunda-feira, 19 de julho de 2010

Ataques por piratas recuam no primeiro semestre no mundo

De Agencia EFE

Kuala Lumpur, 15 jul (EFE).- Os ataques de piratas nas águas de todo o mundo caíram 18,33% no primeiro semestre deste ano com relação ao mesmo período de 2009, apesar de os piratas somalis estarem sendo mais ousados, indicou nesta quinta o Organização Marítima Internacional (OMI) a inclinação de um comunicado.

O Centro de Informação de Pirataria, que fica em Kuala Lumpur, recebeu 196 denúncias de incidentes no mundo todo entre janeiro e junho, abaixo das 240 no mesmo período de 2009.

Ao todo, 31 navios com 597 marinheiros foram sequestrados e 70 abordados, com o resultado de um morto e 16 feridos.

Mais da metade dos ataques ocorreram em águas da Somália, o golfo de Áden e o Mar Vermelho, onde as piratas dispararam lança-granadas e armas de fogo.

A Somália mantém a posição de ser o lugar mais perigoso quanto à pirataria, com cem incidentes, incluindo os 27 sequestros no primeiro semestre do ano.

O relatório adverte que os ataques no mar da China Meridional dobraram, de sete na primeira metade de 2009 para 15 entre janeiro e junho de 2010.

Fonte: www.google.com/hostednews/epa/article/ (15/07/2010)

Nenhum comentário:

Postar um comentário