segunda-feira, 7 de junho de 2010

França-África: Sarkozy promete trabalho conjunto contra pirataria e terrorismo

O presidente francês prometeu hoje «trabalhar em conjunto» com os países africanos nas questões de manutenção da paz ou de luta contra a pirataria e o terrorismo.

«Em todas estas questões, vamos trabalhar em conjunto», declarou Nicolas Sarkozy, ao encerrar os trabalhos da 25.ª cimeira África-França, que reuniu em Nice (sudeste) os dirigentes de 51 países do continente.

A França decidiu «que no período 2010-2012, ia consagrar 300 milhões de euros para formar 12.000 soldados africanos para as forças de manutenção da paz em África», afirmou.

Ao evocar a luta contra a pirataria ao largo da Somália, que põe «gravemente em causa» a economia da região, Sarkozy considerou que os países vizinhos «não podem resolver (a questão)».

«As capacidades navais de África em geral e da África de Leste em particular tornam pouco plausível a resolução deste problema (...) a França quer ser o líder, como já o mostrou na operação Atalante, para ajudar África», disse.

Liderada pela União Europeia, a operação Atalante visa, com navios de guerra e meios de observação aéreos, lutar contra a pirataria no Oceano Índico, a leste de África.

O presidente francês prometeu um apoio «semelhante» aos países africanos em matéria de luta contra o terrorismo islâmico e contra o tráfico de droga.

Fonte: www.correiodominho.com/ (01/06/2010)

Nenhum comentário:

Postar um comentário