Holanda entrega à Alemanha suspeitos de pirataria na Somália

Holanda entrega à Alemanha dez suspeitos de pirataria, acusados de terem interceptado navio de Hamburgo na costa da Somália. Pena pode ir até 15 anos de prisão.

Dez suspeitos de pirataria na Somália foram entregues à Alemanha por autoridades holandesas nesta quinta-feira (10/06). Eles foram recebidos por funcionários do Departamento Federal de Investigações (BKA) e levados a Hamburgo, confirmou o porta-voz da Promotoria Pública da cidade portuária, Wilhelm Möllers.

Eles serão julgados pelo Tribunal Regional de Hamburgo, no primeiro processo desse tipo na Alemanha. Os suspeitos são acusados de terem interceptado o navio de carga Taipan, de Hamburgo, diante da costa da Somália, em 5 de abril último, segunda-feira de Páscoa.

Eles foram dominados e presos pela Marinha da Holanda. Ainda em abril, um tribunal da Hamburgo havia expedido ordens de prisão contra os suspeitos, que são acusados de ataque ao transporte marítimo e tentativa de sequestro, o que lhes pode trazer uma pena de até 15 anos de prisão.

Fonte: www.dw-world.de/dw/article/ (10/06/2010)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mulheres piratas - As lendárias Anne Bonny e Mary Read

Encontrados dois navios de Sir Francis Drake

Os verdadeiros barcos piratas