domingo, 15 de maio de 2011

EUA vão lançar videojogo para recolher ideias de combate a piratas na Somália

A marinha americana achou que os milhões de jogadores que dedicam horas a jogos de combate e estratégia podem ter algo a ensinar aos profissionais e decidiu criar um videojogo para recolher ideias de combate à pirataria na Somália.

Piratas somali capturados por forças portuguesas em missão da NATO (Carlos Dias/Nato/Reuters)

A plataforma, que tem o lançamento agendado para 16 de Maio, chama-se MMOWGLI, que junta a sigla de Masive Multiplayer Online War Game (um expressão usada para definir jogos que são jogados por muitas pessoas em rede) e a expressão leveraging the Internet – em português, alavancar a Internet.

"O MMOWGLI é um jogo online desenhado para descobrir e desenvolver colectivamente ideias para alguns dos problemas mais complexos da marinha – as ameaças do século XXI que exigem novas formas de colaboração", explicou o director de inovação do Departamento de Investigação da Marinha, citado num comunicado.

O decorrer do jogo será controlado por uma equipa de militares e vão estar envolvidos mil jogadores, ao longo de três semanas.

Não basta, porém, ter passado horas envolvido em jogos online para poder aceder ao jogo. Os jogadores foram recrutados no meio académico, no Departamento de Defesa americano e em organizações governamentais e não governamentais. "O plano é que o MMOWGLI idenfitique soluções para desafios ao aproveitar o capital intelectual de uma comunidade mais vasta", diz o comunicado.

A pirataria tem perturbado a circulação de navios na zona da Somália. Em Março, cinco piratas foram condenados pela justiça americana a prisão perpétua por terem tentado tomar de assalto um navio de guerra americano, no ano passado.

O jogo que será agora lançado está focado na questão da Somália, mas a plataforma poderá ser adaptada a outras situações.

Fonte: http://www.publico.pt/Tecnologia/eua-vao-lancar-videojogo-para-recolher-ideias-de-combate-a-piratas-na-somalia_1493732 (11/05/2011)

Nenhum comentário:

Postar um comentário