quarta-feira, 7 de abril de 2010

Livros


Errol Flynn e Jamaica em «A Filha do Pirata»

Vencedor do Essnece Literary Award, «A Filha do Pirata», de Margaret Cezair-Thompson, editado pela Casa das Letras, recebeu inúmeros elogios em todo o Mundo. Um deles foi do Daily Express: «Descrições magníficas… o livro ganha literalmente vida quando Errol Flynn aparece».

«A Filha do Pirata», de Margaret Cezair-Thompson «Jamaica, 1946. Errol Flynn dá à costa da ilha na sua escuna Zaca, destruída por uma tempestade. Ida Joseph, a filha adolescente de um juiz de paz de Port Antonio, fica intrigada ao saber que «O Homem Mais Belo do Mundo» está na ilha e decide fazer tudo para o conhecer. Para o cansado espadachim, a Jamaica é um paraíso tropical que proporciona o travo da aventura e a promessa da salvação pessoal: uma frescura que Ida, que não está abalada pela sua celebridade, parece partilhar. Em breve, Flynn constrói um lar para si em Navy Island, onde recebe a nata de Hollywood – e Ida entrega o coração a este carismático homem mais velho.

A filha de Ida, May, verá o seu famoso pai apenas uma vez. Abrangendo trinta anos da história da Jamaica, A Filha do Pirata é uma história de paixão e irresponsabilidade, de duas gerações de mulheres e das suas lutas pelo amor e a sobrevivência, de uma nação que se esforça por ficar à altura de uma independência arduamente conquistada.

Margaret Cezair-Thompson deu forma a um romance que, simultaneamente, é provocador, refrescantemente original e tão fascinante como o mais rico tesouro de piratas»

Fonte: http://diariodigital.sapo.pt/ (31/03/2010)

Nenhum comentário:

Postar um comentário