sábado, 15 de maio de 2010

Ban pede ação global para combater ataques piratas a navios comerciantes

Maioria dos 400 ataques que ocorreram em 2009 foram registrados no leste da costa africana

Associated Press

GENEBRA- O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu nesta sexta-feira, 14, uma ação global mais eficaz para combater o "alarmante" aumento dos ataques de piratas a navios comerciantes. O sul-coreano argumentou que esse tipo de ação se repetiu 400 vezes em 2009.

O chefe da ONU disse à Assembleia Geral do órgão que a maior concentração dos ataques de navios piratas ocorreu no leste da costa Africana, onde se encontram países como a Somália.

O almirante Peter Hudson, da Força Naval da União Europeia, que tenta combater a pirataria na Somália, disse que entre fevereiro e maio, houve uma "grande insurgência" e o número de navios que pratica o crime em alto mar aumentou.

Ban pediu que sejam avaliadas as estratégias que estão funcionando e as que necessitam de reformulação para o combate à pirataria.

Fonte: www.estadao.com.br/noticias/ (14/05/2010)

Nenhum comentário:

Postar um comentário