domingo, 9 de maio de 2010

ONU pretende criar tribunal para julgar piratas



Nova Iorque - As Nações Unidas pretendem criar um tribunal especial das Seychelles para julgar os piratas apanhados pelas forças navais da União Europeia (UE) que patrulham a costa marítima da Somália.

O tribunal será instituído pelo Departamento da ONU para o Combate às Drogas e à Criminalidade. Uma instituição similar está em funcionamento no Quénia.

Os países europeus se mostram reluctantes em julgar piratas somalis nos seus próprios tribunais mas também não os querem enviar para terceiros países, oe poderão ser condenados à morte.

Na quarta-feira, piratas capturaram um petroleiro da Rússia a cerca de 900 quilómetros da costa da Somália.

Um navio de guerra russo, que patrulha o Oceano Índico, foi enviado para o local do incidente.

Fonte: www.portalangop.co.ao/ (06/05/2010)

Nenhum comentário:

Postar um comentário